terça-feira, 6 de maio de 2014

Tumultuada

Assim anda minha vida. É, pra não dizer um verdadeiro caos. Trabalhando muito mais do que eu gostaria (e ganhando menos do que eu merecia por todo o trabalho desenvolvido); tarefas em casa que não diminuem nunca (apesar da criança estar maior, ajudando mais e me permitindo limpar, arrumar e organizar mais); pós-graduação com o prazo estourando na cabeça (e eu sem conseguir me concentrar para escrever o finalizar); filho cada vez mais fofo e mais delícia que só dá vontade de não fazer nada (nem estudar, nem trabalhar e nem cuidar da casa) só para ficar com ele.

Mas aí com tudo isso tá difícil escrever aqui, conseguir me satisfazer porque nunca nada está completo, tem mil coisas para fazer e, perdida e atarefada, concluo o que dá e o que não dá vai ficando pela metade. O trabalho da pós tem prazo e, na verdade, falta pouco. Tirando ele da frente consigo me livrar de uma destas pendências e me sinto, pelo menos, mais aliviada. Quem sabe assim sobra tempo para cá?

A coisa anda tão feia que nem aqui ou no Face daqui tenho aparecido. Tenho usado o Face do trabalho mais que o meu próprio e até sinto o maior orgulho do alcance que tem, do impacto que gera, mas fico triste de ver que para mim não consigo aplicar o mesmo "know how" porque falta tempo e o tempo que sobra falta coragem de repetir a mesma tarefa tudo outra vez.

Enfim, a coisa vai assim... atropelada e atropelando até que tudo se normalize. (E rezando para que se normalize logo).

Um comentário:

  1. Estou no mesmo barco, Didi ;) Que se normalize logo para você ai x

    ResponderExcluir